Quem manda no mercado?

Como influenciadoras estão mudando o mercado da beleza com suas marcas próprias


Niina Secrets, Mari Saad, Manu Gavassi e Rafa Kalimann: estes são apenas alguns nomes de influenciadoras Brasileiras que, recentemente, fizeram colaborações com grandes marcas de maquiagem e lançaram seus próprios produtos. Por estarem sempre ligadas nos gaps e já produzirem publicidades impecáveis para suas redes, conseguem aproveitar o espaço para ligarem seus nomes à marcas consolidadas no mercado da beleza. Comumente, elas acabam percebendo que seus seguidores acabam sendo mais fiéis a elas do que às marcas que as contratam para publicidade. Por isso, cortam a necessidade de um mediador e acabam tomando o mercado com as próprias mãos, associadas a uma marca que as mesmas possuem identificação, gerando conexão com seu público e feedbacks confiáveis. Ou seja, sucesso para os dois lados!

Foto: Reprodução de @manugavassi



Para as marcas, essa é uma receita de sucesso. Segundo dados da Shareablee, cerca de 48% das pessoas de 18 a 24 anos disseram ter comprado um produto após a recomendação de um influenciador. Com isso, fica claro que eles são a mídia do momento e, muito além da publicidade, é preciso investir. Segundo artigos da Forbes, o TAM (mercado total endereçável) do marketing de influência gira em torno de US$ 10 a 25 bilhões.





Foto: Reprodução de @linhamarisaad