• nossomosmoda

NA REAL: O papel da maquiagem na valorização e autoestima da mulher

Sabemos que os padrões de beleza impostos pela nossa sociedade podem ser um grande inimigo das mulheres que, muitas vezes, acabam tentando buscar esse padrão impossível e se frustram. Dessa forma, alguns itens acabam sendo um certo refúgio, como por exemplo a maquiagem. A arte da maquiagem surgiu no Egito por volta de 3000 a.c e, no começo, era ligada à cerimônias religiosas, bem diferente dos dias de hoje.

Atualmente, ela tem um papel fundamental na aceitação de boa parte das mulheres. Pensando nisso, conversamos com a maquiadora Carol Vence sobre como ela se sente em relação ao papel da maquiagem na autoestima. “Acho que a maioria das mulheres em algum momento da vida passa por algum abalo na autoestima. Na minha vida isso aconteceu na adolescência, na época do colégio. A maquiagem surgiu para eu me sentir mais confortável (não pisava no colégio sem um corretivo e um rímel). Mas a aceitação real vem com o tempo, ainda é um processo, sempre é!”


“Não acho que se aceitar queira dizer “me sinto mais bonita sem make” e sim “eu também sou bonita sem make”

- Carol Vence, maquiadora e CEO do seu próprio estúdio.


Segundo Carol, em seus anos de experiência ela conseguiu perceber a grande influência que as produções tem na autoestima das clientes: “O jeito que elas se olham no espelho, querem tirar um milhão de fotos, querem dormir e acordar pra sempre naquela maquiagem é algo que dá pra ver que impacta muito sobre elas”. Por outro lado, quem usa muita make, sabe que o julgamento sempre aparece, mas a maquiadora diz não se importar: “Na internet as pessoas criticam tudo, eu não me importo! Tem muito mais gente elogiando!”


Sobre a maquiagem ser fundamental para o processo de aceitação, Carol discorda, acredita que seja uma grande ajuda e uma válvula de escape para quem não gosta do que enxerga no espelho. “Acho que você percebe que está se aceitando a medida que vai diminuindo a quantidade de maquiagem e vai se conectando consigo mesma. Não acho que se aceitar queira dizer “me sinto mais bonita sem make” e sim “eu também sou bonita sem make”, complementa ela.



© 2020 Nos Somos Moda Todos os direitos reservados.